quarta-feira, 21 de abril de 2010

Dogue de Bordéus


O dogue de Bordeaux (ou Bordéus) é um molosso de origem francesa muito utilizado como cão de guarda.

Origem

Existem várias hipóteses sobre a origem desse raça; alguns afirmam eles são descendentes dos alanos, antigos molossos de origem indo-européia, já para outros especialistas essa raça nada mais é do que o resultado do cruzamento de mastifes com buldogues ingleses.

Considerando que o cruzamento de mastifes com buldogues produz outra raça, o bulmastife, a hipótese mais provável é a de que o dogue de Bordeaux seja descendente de uma das linhagens do Alaunt, o Alaunt Veutrerer. No século XII, em 1151, Henrique II da Inglaterra se casou com Eleanor de Aquitânia, da região de Bordeaux - sul da França - e toda a corte britânica se mudou

para esta região levando todos seus cães de caça. Esta região permaneceu sob domínio britânico até 1411. Durante 260 anos estes cães habitaram, caçaram e se espalharam no sul da França.As três linhagens de Alaunt (Alaunt Gentil, Alaunt Veutrerer e o Alaunt of the Butcher) eram usadas nas caçadas de javalis, ursos e outros grandes animais.

Como consta no livro Livre de la Chasse ("Livro da Caça"), escrito em meados do século XIV por Gaston Phoebus, Conde de Fois, que viveu no sul da França e conheceu profundamente estes cães, eles tinham a cabeça grande, cana nasal larga e curta, lábios pendentes, e eram extremamente agressivos. Características morfológicas típicas do dogue de Bordeaux.Este livro pode ser encontrado em inglês, traduzido entre 1406 e 1413 por Edward of Norwich, II Duque de York, e intitulado The Master of Game. Edward era o encarregado de organizar as caçadas no reinado do rei Henrique IV.


Características e aparência

É um cão de grande porte, seu tamanho varia de 59 a 69 centímetros e o peso de 45 a 75 quilos, sendo as fêmeas um pouco menores e mais leves.De aparência imponente, sua pelagem é fina, curta e suave, e podem ser das cores isabel beirando o creme assim como o vermelho intenso o mogno.O dogue de Bordeaux vive em média 10 anos.

O Dogue de Bordeaux é um cão de guarda, de grande porte, musculoso e imponente. Atento, corajoso, rápido no agir, não necessita ser adestrado para essa finalidade.Além de ser um excelente guardião de casas, é amoroso e apegado à família necessitando ficar em contato permanente com os seus donos e familiares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário