segunda-feira, 19 de abril de 2010

Cão de Fila de São Miguel


O Cão de Fila de São Miguel é uma raça de cães portuguesa, do tipo molosso. O seu nome vem da Ilha de São Miguel, no arquipélago dos Açores, de onde a raça é oriunda, e onde é tradicionalmente utilizada para a guarda e guia de gado bovino leiteiro. É uma raça de traços rústicos, de porte médio, dotada de grande inteligência e poder físico.

História
Com o povoamento do Arquipélago dos Açores e o início da exploração das condições óptimas das ilhas para a criação de gado bovino, cedo se tornou necessária a presença de cães para ajudar à condução e defesa do gado, datando do século XVI a primeira referência à sua presença nas ilhas, nomeadamente na Ilha de São Miguel. Foram esses animais os precursores do Cão de Fila de São Miguel.
A existência da raça do Cão de Fila de São Miguel propriamente dita como tal está registada desde o início do século XIX, mas é apenas em 1982 que é iniciado o registo oficial da raça pela iniciativa de António José Amaral com a colaboração de Maria de Fátima Machado Mendes Cabral, médica veterinária. O primeiro estalão oficial da raça é publicado dois anos mais tarde, em 1984, também num esforço conjunto destas duas pessoas. O primeiro exemplar da raça registado oficialmente foi a cadela 'Corisca', uma perfeita representante da sua raça.
Em 1995 é proposto à Fédération Cynologique Internationale a homologação da raça, tendo sido finalmente reconhecida no ano de 2008.

Origem
A raça hoje conhecida como o Cão de Fila de São Miguel descende dos mastins e alões inicialmente levados para as ilhas dos Açores pelos primeiros colonos, vindos do continente. Mais tarde, e através do contacto com outros povos que aportavam e se estabeleciam nos Açores, o património genético da raça foi enriquecido com cruzamentos feitos com mastins ingleses, buldogues e dogues de Bordéus, até ao culminar do aparecimento da nova raça, de características morfológicas e temperamentais próprias plenamente definidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário