terça-feira, 27 de abril de 2010

Bull Terrier


O Bull Terrier é uma raça de cão da família terrier.

HistóriaAs raças Old English Bulldog e White English Terrier, já extintas, foram cruzadas para dar origem a uma nova, chamada Bull and Terrier. Por volta de 1860, a raça Bull and Terrier se dividiu em dois ramos: o Bull Terrier branco puro, e outro com pelagem manchada colorida, que perdurou por mais setenta anos nas rinhas de cachorro até que finalmente foi reconhecido como uma raça legítima chamada Staffordshire Bull Terrier. Os registros mais antigos de Bull Terriers datam do período entre 1874 a 1876.

Temperamento

O bull terrier é forte, musculoso e muito ativo, também é corajoso e possue um extraordinário senso de humor. O seu focinho arqueado é característico da raça, bem como a sua cabeça oval. O bull terrier é um guerreiro por natureza, dotado de coragem extrema e muito inteligente. Apesar destas características, com um dono disciplinador e com competências pessoais para lidar com um cão desta raça, o animal torna-se obediente à voz de comando e conhece bem os seus limites. Esta raça é de grande fidelidade para com os donos, sejam eles adultos ou crianças. Territorialista com animais estranhos, não permite intromissões no seu espaço ou naquele que lhe compete guardar. São amigáveis e possuem um maravilhoso senso de humor. Sua força física é proporcional à sua notável inteligência, e ambas necessitam estar em constante atividade.

Podem ser teimosos e também tendem a ter um dono general para mandar e reprimir coisas indesejáveis e o melhor é que eles gostam disso. A característica da raça é ser mansa, pois sua origem, diferente do que muitos acreditam, não se deve às rinhas. São muito afetuosos e adoram companhia humana, portanto, não é recomendável deixá-los sozinhos, pois eles se distraem mordendo as coisas, e considerando-se a energia e vitalidade que possuem dependendo do animo que seu Bull Terrier tiver no dia não será dificil você se ausentar por umas horas e ao retornar encontrar sua casa de pernas para o ar. Também são recomendáveis para fazer companhia a crianças, pois sua força lhes garante um alto nível de tolerância à dor, garantindo resistência para as brincadeiras. Podem desenvolver um temperamento ciumento para com o dono e territorialista em sua casa, para isto, é bom desde novo fazer um trabalho de socialização para que quando estiver adulto aceite outros cães.

Um comentário: